quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

DESCOBERTO ANTIBIÓTICO QUE TRATA SÍNDROME DO INTESTINO IRRITÁVEL

Pela primeira vez, um antibiótico tratou com eficácia e durabilidade a síndrome do intestino irritável (SII), que afeta cerca de 30 milhões de americanos e milhares pessoas no mundo, segundo estudo publicado no dia 5 de janeiro.
.
O antibiótico Xifaxan, do laboratório americano Salix Pharmaceutical, já foi autorizado pela FDA (agência americana de regulamentação de medicamentos e alimentos) para tratar a diarreia do viajante e a encefalopatia hepática.
.
Quem sofre desse problema fica com o aparelho gastrointestinal muito sensível. Com isso, fatores como estresse, dieta, medicação e hormônios, dentre outros, acabam provocando diarreia.
.
Agora, resultados de dois testes clínicos confirmam também o papel significativo na síndrome das bactérias da flora intestinal - uma hipótese polêmica, estudada há vários anos.
.
Os resultados dos testes clínicos, realizados em 1.200 pacientes com a síndrome, mostram que o Xifaxan permite aliviar os sintomas e não causa riscos, segundo o médico Mark Pimentel, do centro médico Cedars-Sinai de Los Angeles (EUA) e principal autor do estudo.
.
- Durante anos, as opções de tratamento foram extremamente limitadas. Pimentel conta que, com frequência, os pacientes com essa síndrome respondiam mal aos tratamentos, como a mudança do regime alimentar e o uso de fibras como complemento. - [Mas] com o antibiótico eles se sentem melhor. E o bem-estar continua, mesmo depois de parar de tomá-lo. Isso significa que agimos, com esse antibiótico, na causa da doença.
.
Fonte: Prontuário de Notícias
Veja também:
Síndrome do intestino irritável
Intestino preso?
Como evitar o intestino preso das crianças

.Partilhar

4 comentários:

Era o que faltava disse...

sou seguidora do seu blog...entre no meu e dê suas dicas
obrigada

Programa Bem Viver disse...

Olá, Christiane! Que alegria receber sua mensagem! Amei seu blog! Vamos trocar ideias e sugestões de pauta?? Um beijo grande

Mônica Cunha
Editora Bem Viver

sheila disse...

oi gente que boa essa noticia pois, tenho uma filha com este problema.gostaria de saber se ja esta a venda em farmacias. obrigada!

Christiane Rocha Veloso disse...

Oi Sheila! Não sei se já está disponível no Brasil. Um abraço!