terça-feira, 1 de dezembro de 2009

COMPULSÃO ALIMENTAR

A compulsão alimentar, é um sério transtorno que está presente no dia-a-dia da população, mas que ao mesmo tempo não recebe a devida atenção e possível diagnóstico. Pode ser descrito como: consumo de grande quantidade de comida, de forma incontrolável e de maneira rápida, até o ponto de sentir-se “cheio”, mas de maneira desconfortável.
.
Grandes períodos de restrição alimentar, problemas emocionais e psicológicos, ansiedade e frustração são alguns dos gatilhos para o desenvolvimento deste transtorno. O diagnóstico é estabelecido quando tal comportamento ocorre no mínimo de duas vezes por semana por um período mínimo de seis meses. É importante ressaltar que são muitas as conseqüências deste transtorno, são alguns deles: sentimento de culpa, ansiedade, depressão, desconforto gastrointestinal, fadiga, ganho de peso, possíveis patologias como doenças cardiovasculares, hipertensão, alteração nos níveis de triglicérides e colesterol dentre outros e diabetes.
.
Necessitamos de alimentos para a obtenção de energia, vitaminas e minerais, mas também aliamos a isso o prazer. No caso do transtorno a freqüência e o tipo de alimento na maioria das vezes são pobres em nutrientes e ricos em calorias, não estando presente a satisfação, mas sim a compulsão. A busca pelo emagrecimento pode levar ao desenvolvimento deste sério problema por meio das dietas muito restritivas. Para controle de peso, o ideal é que procure um profissional competente para que obtenha resultados de maneira saudável. Existem alguns fatores que devem ser levados em consideração: fatores genéticos, ambientais, metabólicos, culturais e psicológicos. Alguns especialistas acreditam que os mais perfeccionistas e exigentes tendem a ter mais possibilidades, já que estão sujeitos a maiores níveis de ansiedade e estresse.
.
Partilhar

2 comentários:

Fernanda disse...

E o que devo fazer para controlar a compulsão?

Fernanda/ SP

CHRISTIANE VELOSO disse...

Olá! Vc deve tentar se controlar. Acompanhamentos com psicólogos ajudam muito, pois dessa forma vc entende o motivo de estar agindo assim e percebe que isso prejudica vc de alguma maneira. Abraços.