quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

POR ONDE ANDA O ARROZ COM FEIJÃO NO PRATO DOS BRASILEIROS?

Prato típico da culinária brasileira, o feijão com arroz vem perdendo espaço nos domicílios para produtos industrializados e semiprontos. A mudança foi constatada pela pesquisa "Aquisição alimentar domiciliar per capita", divulgada nesta quinta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).
.
O estudo mostrou que, em 2009, cada brasileiro adquiria em média 14,6 kg de arroz por ano para consumo no lar. O número é 40,5% menor do que os 24,5 kg de 2003. No caso do feijão, a quantidade passou de 12,4 kg para 9,1 kg no período, numa redução de 26,4%. A aquisição de açúcares e farinhas também teve queda significativa no período.
.
Por outro lado, os alimentos preparados e misturas industriais, como pizzas congeladas e misturas para bolos, tiveram o maior aumento em relação a 2003, de 37%. Em média, cada brasileiro já adquire 3,5 kg desses alimentos por ano. Entre os 20% mais ricos, são 7 kg. Foi entre os 20% mais pobres, porém, que houve maior incremento entre 2003 e 2009, de 0,8 kg para 1,3 kg (alta de 67%).
Para Edilson Nascimento da Silva, gerente da pesquisa, os dados mostram uma mudança nos padrões de alimentação do brasileiro, vinculada à maior oferta de produtos e à falta de tempo para o preparo das refeições, que leva as pessoas a substituir produtos tradicionais por outros mais práticos.
.
Ele destaca, porém, que a queda na aquisição de produtos como feijão e arroz pode estar vinculada também ao fato de as pessoas estarem fazendo mais refeições fora de casa. Em 2003, 24,1% dos gastos com alimentação eram despesas com refeições fora do domicílio. Em 2009, esse percentual já chegava a 31,1%. As comidas e bebidas consumidas nessas situações não foram avaliadas.
.

Fonte:
Folha Uol
Veja mais...

Feijão branco para emagrecer
Industrializados antes dos 6 meses
Tipos de arroz

.
Partilhar

2 comentários:

Joel de Sousa Carvalho disse...

Olá a todos os que vão ler este comentário neste blogue ou noutro muito bom como este. Pois é, estou encantado com todos estes pratos tão bem confeccionados. Pois, eu gostava de fazer igual, mas não consigo. A vida é dura e obrigou-me a morar sozinho, e a cozinha não é de todo o meu local favorito. Mas estou a tentar conhecê-la, mas as aventuras têm sido imensas. Fiz um blog humilde para colocá-las em forma de crónica pouco extensas. Gostava muito que todos vocês o visitassem e se possível o seguissem. É que tentar cozinhar e depois não ser ajudado, é algo muita mau.
Cumprimentos a todos!

http://tenhosalfaltamecolher.blogspot.com/

Christiane Rocha Veloso disse...

Oi Joel! Obrigada pela participação! Parabéns pelo blog! Volte sempre. Abraços!