terça-feira, 9 de junho de 2009

TIPOS DE ARROZ


O arroz é conhecido como o vilão das dietas! Muitas pessaos deixam de comê-lo com medo das calorias e esquecem do seu valor nutritivo. De origem asiática, o arroz foi trazido ao Brasil pelos portugueses. Se você acredita que seus grãos são pouco nutritivos, prepare-se para algumas surpresas escondidas nas mais diferentes variedades:
.
NEGRO - Ainda não é muito popular por aqui, embora seja conhecido na China há milhares de anos. Era chamado de arroz proibido por ser um alimento exclusivo do imperador, conta a nutricionista Andréa Esquivel, especialista em gastronomia e professora da Universidade Norte do Paraná, a Unopar. Contém pitadas de ferro e, portanto, pode ser útil para afastar a anemia.
.
PARBOILIZADO - Ele concentra vitaminas do complexo B, importantes para afastar doenças cardiovasculares. Essa riqueza se preserva apesar do processamento. É que esse arroz, quando ainda está na casca, passa por um tratamento com água fervente que leva os nutrientes para dentro do grão.
.
ARBÓREO - O mais usado para fazer risoto, ele concentra bastante amido, o que confere aquela consistência cremosa. Também tem uma incrível capacidade de absorver condimentos.
.
INTEGRAL - Este tipo mantém a camada externa do grão, o farelo. Além de conservar vitaminas do complexo B, contém fibras benéficas ao intestino. Para quem estranha o sabor, Maria Cecília Corsi recomenda refogá-lo com um pedacinho de canela e um dente de cravo, além de bastante cebola.
.
POLIDO - O arroz do dia-a-dia não é dos mais nutritivos, mas ainda assim é fonte de carboidratos e proteínas, diz a cientista de alimentos Priscila Zaczuk Bassinello. Seu empobrecimento se deve à retirada da casca no beneficiamento, embora já existam nos supermercados versões enriquecidas com minerais como zinco e ferro.
.
Revista Saúde
.
Partilhar

3 comentários:

Gabriel Valladares disse...

Aqui em casa eu só faço o integral.
Gosto também de fazê-lo com algas ao molho shoyu. Fica muito bom!
Até ele puro com limão fica delicioso.
Eu uso o cateto, aquele que tem grãos vermelhos.

Rafaele disse...

Queria poder consumir ele diariamente, ele é o arroz mais recomedado pelos nutricionistas, mas o preço não ajuda, é muito caro.. deveria ser o mais barato, por não ser processado..

Christiane Rocha Veloso disse...

Olá Rafaele! Infelizmente são mais caros os produtos integrais. Mas os benefícios para o organismo compensam. Abraços!