sábado, 5 de junho de 2010

EXCESSO DO 'BOM COLESTEROL' PODE SER PREJUDICIAL?

Todos já ouvimos à exaustão sobre a importância de elevar o HDL, o chamado "bom" colesterol, e diminuir o LDL, ou colesterol "ruim", para melhorar a saúde do coração. Mas um novo estudo realizado na Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, mostra que, para um grande número de pessoas, nem sempre o colesterol HDL é uma coisa intrinsecamente boa.
.
O trabalho descobriu que um nível elevado de colesterol supostamente bom coloca um grupo de pacientes sob alto risco de eventos coronarianos recorrentes, como dor no peito, ataque cardíaco e morte. Os resultados podem ajudar a explicar os resultados decepcionantes de um medicamento experimental - o Torcetrapib, da empresa Pfizer - projetado para aumentar os níveis de colesterol HDL e que chegou a ser apregoado como uma revolução no tratamento das doenças cardiovasculares.
.
Os autores do estudo acreditam que fatores genéticos e ambientais, principalmente a inflamação, influenciam se os níveis elevados de colesterol HDL terão efeito protetor ou se vão aumentar o risco cardiovascular. Dado um ambiente inflamatório, o conjunto único dos genes de um indivíduo ajuda a determinar se o colesterol HDL passa de bom para ruim no processo de uma eventual doença cardíaca.
.
A atividade da proteína de transferência de éster de colesterol (CETP), que move o colesterol para longe do sistema vascular e está associada com o colesterol HDL, e a p22phox, que influencia os processos relacionados com a inflamação e está associada à PCR, são indicadores de risco neste grupo de pacientes.
.
"Identificar esses pacientes e determinar o que os coloca em alto risco pode ser útil na escolha de tratamentos adaptados às necessidades específicas de subgrupos de pacientes em particular. Isso nos leva um passo mais perto de alcançar o objetivo da medicina personalizada," prevê o Dr. James Corsetti, coordenador do estudo.
.
Veja a publicação do estudo detalhada no Diário da Saúde
Veja também:
Pistache na prevenção de doenças cardiovasculares
Colesterol ou triglicérides: qual pesa mais na sua saúde?

Colesterol em crianças: inimigo silencioso
.
Partilhar

3 comentários:

Angélica Silveira Lima disse...

Nohh amiga... meu colesterol HDL tá 82 ... rsrsr.... fiquei com medo agora!!
Boa matéria!!

Maria disse...

Aff!!!

Christiane Rocha Veloso disse...

Pois é... muito interessante estes dados. Pouco divulgados também. Temos que ficar atentos! Beijos!