segunda-feira, 21 de setembro de 2009

VAIDADE OU SAÚDE?

Cuidar da saúde é uma questão de sobrevivência; mais que isso, tornou-se uma questão estética. Fazer exercícios e cuidar da alimentação são medidas tomadas pela maioria das pessoas hoje conscientes do que é necessário para se ter uma qualidade de vida. Para não ter resultados contrários, na hora de se exercitar é importante alimentar-se corretamente. A alimentação adequada se junta aos exercícios físicos para proporcionar uma vida saudável ao indivíduo e o acompanhamento de um bom nutricionista é indispensável.
.
A quantidade de alimentos varia de acordo com a intensidade de exercícios, peso, idade e altura. O consumo exagerado de suplementos e proteínas prejudica o desempenho e pode causar danos ao organismo, assim como a falta de hidratação durante os exercícios também pode ser perigosa; é importante ingerir isotônicos e bebidas à base de água. O ideal é um consumo balanceado. Antes da atividade física o cardápio deve ser rico em carboidratos, a fim de proporcionar energia para o corpo. Após a atividade, o consumo de alimentos ricos em proteínas, juntamente com os carboidratos, garantem o ganho de massa muscular e uma melhor recuperação.
.
Veja: matéria completa da Revista Styllus, de Divinópolis(MG), com meu depoimento.

.
Partilhar

3 comentários:

Gabriel Valladares disse...

Após o exercício a quantidade de proteína seria qual? Poderia se dizer que 50% de proteína e 50% de carbo?

CHRISTIANE VELOSO disse...

Os carboidratos devem ser a maior parte já que são fontes de energia e importantíssimos para o treino. A quantidade certa de nutrientes depende de uma avaliação física.

Gabriel Valladares disse...

Ok, obrigado!