segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

FRUTAS PARA O FIM DE ANO

Com a aproximação das festas de fim de ano, a preocupação com as ceias começam a tomar conta das pessoas, e muitas ainda possuem dúvidas sobre qual fruta comprar e onde é melhor utilizá-las. Pensando nisso, separamos uma lista de frutas mais consumidas nessas épocas e suas combinações, veja abaixo:
.
Amêndoas: Com pele, é ótima para ser consumida ao natural ou levemente salgada e torrada. Sem pele, é utilizada no preparo de receitas culinárias doces e salgadas.

Avelã: Seu sabor doce e delicado combina bem com sobremesas de chocolate. Pode ser usada também em saladas. Para tirar a pele coloque para cada xícara de avelã coloque 1 xícara de água fervente e 1 1/2 colher (sopa) de fermento em pó. Ferva por 3 minutos, escorra e deixe secar no forno até torrar ligeiramente.

Castanha de Caju: Só pode ser consumida torrada. É aproveitada inteira picada ou em forma de farinha, em doces e salgados. Muito utilizada na culinária afro-baiana.

Castanha do Pará: A castanha do Pará, nativa da região Norte do Brasil, é um ingrediente importante de bolos e tortas. Para tornar mais fácil abril as cascas das castanhas, leve ao freezer por 6 horas ou asse por 15 minutos à 200º.

Castanha Portuguesa: Antes de assar ou cozinhar as castanhas, faça um corte na lateral da casca de cada uma com uma faca afiada, para evitar que explodam. Na hora de comprar as castanhas, escolha as firmes e brilhantes. As castanhas cozidas podem ser guardadas (com a casca) por 20 dias na geladeira ou por até 4 meses no freezer.

Macadâmia: A casca marrom protege uma noz de formato arredondado, cor de pérola. Para chegar até ela, porém, ainda é preciso romper uma segunda camada. Esta, mais rígida que a primeira atua na manutenção do bom colesterol.

Nozes: As européias possuem sabor mais acentuado. Entram na preparação de doces e salgados.

Noz Pecan: Cultivadas nos Estados Unidos e Brasil, depois de congeladas, soltam a casca com mais facilidade. Outra maneira é ferver por 15 minutos, escorrer, esfriar e depois quebrar com quebrador de nozes ao comprido. Para calcular o peso, saiba que 1/2 kg de Pecan com casca rende 1/4 de kg. Entram na preparação de doces e salgados.

Pistache: Deve ser guardada em potes hermeticamente fechados para não amolecer. É muito consumido como aperitivo salgado, mas sem sal, fica delicioso em doces. Usada com freqüência na culinária árabe.

Abacaxi, Banana, Mamão e Pêra: Picados e misturados com fibras, entram na preparação de granola ou de doces.

Ameixa seca: A ameixa seca pode ser consumida fresca, seca ou na preparação de geléias e outros tipos de doces. A seca é muito utilizada no preparo de caldas, sorvetes, bolos, tortas, refrescos e licores. Por conter boas quantidades de niacina, é ótima para manter a saúde da pele, nervos e aparelho digestivo. Contém fibras que auxiliam no funcionamento intestinal.

Cereja: Uma fruta pequena, redonda e comumente vermelha. As cerejas ácidas, de polpa bem mais firme, que é usada na fabricação de conservas com o marasquino. Decoram lindamente receitas doces e salgadas.

Damasco: Turco, americano ou espanhol. O primeiro é doce e tem a polpa mais carnuda. O americano ou espanhol, ligeiramente ácido e seco, deve ficar de molho em água, antes de ser aproveitado em receitas, para se tornar mais macio. Utilizados em bolos, pães, recheios e compotas.

Figo: Uma delicia , é servido de muitas maneiras. Recheado com nozes é incrível. O figo seco é ótimo alimento para as pessoas que gastam muita energia em exercícios musculares.

Frutas Cristalizadas: Uma mistura de cidra, mamão, laranja, usada na culinária todo o ano e abundantemente no natal, as frutas cristalizadas tem uma pequena camada de açúcar na superfície, e devem ser guardadas em vidro fechado, longe do ar e da umidade.

Maçã e Manga: Quando fervidas em água, preparam um chá aromático. São também ótimos ingredientes para tortas, bolos e pães doces.

Tâmara: As tâmaras secas fornecem energia de uma forma rápida, tem fibra alimentar e é usada na culinária até para neutralizar o sabor de um tipo para outro de queijo numa festa de queijos e vinho.

Uva Passa: Uva passa preta, com semente, consumida normalmente como petisco, não é aproveitada em receitas. Uva passa preta e branca sem sementes, ou corinto: (de menor tamanho). Podem ser usadas de acordo com a preferência. Antes de empregá-las em uma receita de bolo, por exemplo, passe-as na farinha de trigo para que não desçam pra o fundo da fôrma.
.
Fonte: Temperus Gastronômico
Veja mais...
Consumo de nozes e castanha reduz o colesterol
Pistache na prevenção de doenças cardiovasculares
Selênio para o bem da bexiga
.
Partilhar

2 comentários:

Jenny Cullen Neto disse...

Mto legais suas “Reflexões”! Já to seguindo!
Qd der, visite tb meu blog de humor!
Um graande abraço e parabens pelo blog
www.santaingnoranca.blogspot.com
@santaingnoranca

Christiane Rocha Veloso disse...

Olá Jenny! Que bom que vc gostou do blog! Volte quando quiser pois sempre temos novidades! Vou fazer uma visitinha no seu blog tb!
Abraços!